Sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2006

Asas (GNR)

Asas.JPG

Asas servem p'ra voar

Para sonhar ou p'ra planar

Visitar espreitar espiar

Mil casas de rua

As asas não se vão cortar

Asas são p'ra combater

Num lugar infinito

Num vácuo

Para expirar o ar

Asas são p'ra proteger

 De pintar não te esquecer

Visitar-te, olhar, espreitar-te

Bem alto do luar

E só quando quiseres pousar

A paixão que te roer

É um amor que vês nascer

Sem prazo, idade de acabar

Não há leis p'ra te prender

Aconteça o que acontecer

Mas só quando quiseres pousar

A paixão que te roer

É um amor que vês nascer

Sem prazo, idade de acabar

Mas só quando quiseres pousar

A paixão que te roer

É um amor que vês nascer S

em prazo, idade de acabar

Não há leis p'ra te prender

Aconteça o que acontecer


Soprado por: Asa às 16:05
Esta pena | Acrescentar uma pena | Recolher esta pena
|

Simplesmente eu...

À procura de ...

 

Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


Penas nascidas...

Post-Mortum II

6 Palavras...

Eutanásia bloguística...

Apetecia-me...

Amigos...

Depósitos...

Espero que não acabe aqui...

Mimo...

Há dias assim...

Acredita em mim...

Blog em manutenção...

Dedicado a J.

Escada...

Aquele que nunca viveu...

A minha primeira vez...

Tenho saudades...

Penas caídas...

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Asas no Mundo...

Locations of visitors to this page

Outras Asas...

blogs SAPO