Sexta-feira, 15 de Setembro de 2006

Oportunidades...

Se pudesse mudar um dia da minha vida, tenho a certeza que mudaria o dia da minha primeira Serenata da Queima. Não hesitaria duas vazes a pensar e sem qualquer sombra de dúvida que seria o Dia a mudar.

Nesse dia, não teria tido a ideia peregrina de sequer sair de casa e talvez esse dia tivesse mudado a minha vida até hoje…

Teria-me limitado a vestir a capa e batina pela primeira vez, sem ousar pensar em algo mais. E talvez essa noite tivesse ficado na minha memória por muitos e longos anos…

Mas, com a juventude dos meus 18 anos achei que sabia mais do que de facto considerava saber e mudei o rumo da vida, com a simples decisão de sair nessa tarde.

Nessa altura, não sabia interpretar os sinais da via como hoje o faço. Sem pretensões de saber algo que não sei, teria feito as coisas doutra forma. Teimei nas minhas convicções e deixei de ter quem queria ao meu lado nesse dia.

Às vezes acho que a traição é o melhor caminho e aquele que nos magoará menos. Provavelmente, a maioria discorda, mas não me importo. Estou convencida disso mesmo. Cada um é que sabe do que fala...

Tenho pena de nunca mais ter visto essa pessoa. Tenho pena que a minha simples presença nessa tarde, tenha afectado tanto a sua vida e as suas posteriores decisões.

Mas principalmente, tenho pena de ter perdido a oportunidade…

Sinto-me: desapontada
A ouvir: Ivete Sangalo - Se eu não te amasse tanto assim

Soprado por: Asa às 15:31
Esta pena | Acrescentar uma pena | Recolher esta pena
|
2 comentários:
De Paulo Aroso Campos a 16 de Setembro de 2006 às 05:31
Interessante como isso que acabas de escrever acontece a 90% do pessoal recém entrado na Universidade. Mais tarde ou mais cedo, Latada, jantares de curso, convívios, Queima, acaba sempre por assim ser.
E com o passar dos anos e com as observações e com os avisos... as pessoas que nos rodeiam fazem sempre aquilo que achamos que nunca deviamos fazer.
É um padrão. Existe. E ainda bem que assim acontece!
:)


De 1/2Kg de Broa a 16 de Setembro de 2006 às 15:22
A traição é o modo menos doloroso talvez porque é a única "desculpa" que nos faz ficar 100% convencidos.


Deixar uma pena nesta Asa

Simplesmente eu...

À procura de ...

 

Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


Penas nascidas...

Post-Mortum II

6 Palavras...

Eutanásia bloguística...

Apetecia-me...

Amigos...

Depósitos...

Espero que não acabe aqui...

Mimo...

Há dias assim...

Acredita em mim...

Blog em manutenção...

Dedicado a J.

Escada...

Aquele que nunca viveu...

A minha primeira vez...

Tenho saudades...

Penas caídas...

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Asas no Mundo...

Locations of visitors to this page

Outras Asas...

blogs SAPO