Quinta-feira, 13 de Abril de 2006

Diário de uma Viagem - Parte III

 

E a viagem chegou ao fim… Quando escrevo estas breves linhas já regressei a Portugal e ao meu mundo estável que aqui deixei. O que até é bom. Sabe bem estar com aqueles que amamos e dos quais sentimos a falta. Pena é que a vida pregue tantas partidas e só me mostre o que procuro (há já alguns anos), no final da viagem.

Mas não faz mal, novos mundos se abrirão e quando se fecha uma porta abre-se sempre uma janela, como se costuma dizer.

Não me vou alongar muito na descrição da viagem, até porque não tenho muito a acrescentar. É óbvio que tinham de me acontecer as típicas peripécias, tais como o carro avariar quando ia para o aeroporto na viagem de ida; e cancelar o comboio que ia apanhar para o aeroporto no regresso. Mas isso já é habitual acontecer-me. Sinais dos dakhini, que estão sempre presentes no meu caminho…

Que mais vos posso dizer? Que gosto mesmo muito de Londres, é uma cidade que me faz vibrar. Que adoro aeroportos onde mil pessoas, todas diferentes em tudo, se cruzam com o mesmo objectivo, sejam árabes, indianos, portugueses, brasileiros, punks, rastafaris, fumadores, vegetarianos, sei lá… Que estar num aeroporto é estar mais perto do céu. Não, não é estar num avião, é mesmo estar no aeroporto. Aí a vida pode mudar apenas num segundo, sem qualquer plano pré-determinado, apenas com a nossa própria vontade e a dos outros.

Que penso seriamente em viver em Londres uns meses, senão uns anos. Por vários motivos, ganha-se bem, viaja-se muito, aprende-se inglês fluente, perdem-se medos e preconceitos, e ganha-se muito a nível interior. Pelo menos para mim funciona assim. Mas cada um é como da qual.

Resumindo, gostei muito de conhecer Edimburgo, uma cidade pequena e acolhedora, mas terrivelmente gelada. E gostei muito mais ainda de regressar a Londres, onde encontrei o que procurava. Onde os mundos se cruzam e as vontades se perdem. Onde a vida se entrecuza por caminhos estranhos que são guiados por mil e inúmeras vontades. Onde o poder da oração e as suas extensões se encontram e sincronizam.

 Mas ir por aí já é uma outra longa história…

Sinto-me: desperta
A ouvir: Coldplay - The Scientist

Soprado por: Asa às 01:50
Esta pena | Acrescentar uma pena | Recolher esta pena
|

Simplesmente eu...

À procura de ...

 

Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


Penas nascidas...

Post-Mortum II

6 Palavras...

Eutanásia bloguística...

Apetecia-me...

Amigos...

Depósitos...

Espero que não acabe aqui...

Mimo...

Há dias assim...

Acredita em mim...

Blog em manutenção...

Dedicado a J.

Escada...

Aquele que nunca viveu...

A minha primeira vez...

Tenho saudades...

Penas caídas...

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Asas no Mundo...

Locations of visitors to this page

Outras Asas...

blogs SAPO